quinta-feira, 18 de julho de 2013

MEDEM - MÜHSAM

Vladimir Medem (Libau, Letónia 1879 - Nova Iorque 1923). Socialista russo considerado o vulto mais influente e o principal teórico do BUND, o movimento operário judeu. É considerado, juntamente com os austro-marxistas K. Renner e O. Bauer, um dos teóricos da autonomia cultural pessoal extraterritorial.

Golda Meir (Quieve, Ucrânia 1898 - Jerusalém 1978). Socialista sionista e sindicalista membro do Partido Trabalhista (MAPAI). Fundadora do Estado de Israel,  foi a primeira embaixadora israelita na URSS, ministra e quarta primeira-ministra de Israel (1969-74).

Maurice Meisner (Detroit 1931 - Madison 2012). Historiador da Universidade de Wisconsin-Madison, é conhecido polos seus trabalhos sobre a China moderna.

Albert Memmi (Tunes, 1920). Escritor e ensaísta franco-tunesino. Embora defensor do movimento de emancipaçom da Tunísia, nom encontra o seu lugar no novo Estado árabe-muçulmano e instala-se na França. A sua obra mais conhecida é um ensaio teórico "Retrato do colonizado, precedido do retrato do colonizador" (1957) como apoio aos movimentos independentistas. Faz parte do comité da associaçom Paz Agora. Na sua obra funda o conceito de judeidade como base do seu trabalho sobre o ser judeu e desenvolve o conceito de "heterofobia".

Pierre Mendès France (Paris 1907 - 1982). Político francês radical-socialista. Foi primeiro-ministro da França entre 1954-55. Teve umha grande importância na vida política francesa entre a década de 1930 e 1980, especialmente durante a IV e V República, tornando-se num referente da esquerda. Foi deputado entre 1932-42, 1946-58 e 1967-68.

Ian Mikardo (1908 - 1993). Político trabalhista e cooperativista britânico. Socialista e sionista,  foi deputado entre 1945-59 e 1964-87. Membro do Comité Executivo Nacional do Partido Trabalhista entre 1950-78, entre 1970-71 foi o seu Secretário  geral.

Salomon Mikhoels (Dvinsk, Letónia 1890 - Minsk 1948). Ator, diretor do Teatro Judeu do Estado de Moscovo iídiche. Durante a Segunda Guerra mundial presidiu o Comité Antifascista Judeu. Foi assassinado por ordens de Estaline.

Ed Miliband (Londres 1969). Político britânico, atual líder da oposiçom e do Partido Trabalhista. Durante o governo de Gordon Brown foi secretário de energia e mudanças climáticas e ministro de Cabinet Office.

Ralph Miliband (Bruxelas 1924 - Westminster 1994). Filósofo político marxista, descrito como "um dos mais famosos académicos marxistas da sua geraçom", sendo colocado junto a E. Palmes Thompson, E. Hobsbawm ou P. Anderson.

Osip Solomonovich Minor (Minsk, Bielorrúsia 1861 - Paris 1932). Revolucionário russo membro do movimento narodnik e do Partido Socialista-Revolucionário. Oposto à revoluçom de Outubro, suportou as tentativas de estabelecer um governo antibolchevique democrático.

Jules Moch (Paris 1893 - Cabris 1985). Político socialista francês membro da SFIO. Deputado desde 1828, entre 1937-38 foi subsecretário de Estado para a Presidência e ministro no governo da Frente Popular de L. Blum. Iniciada a guerra aderiu-se à Resistência e exilou-se em Londres. Após a Libertaçom foi Ministro de Obras Públicas e Transporte (1945-47), ministro do Interior (1947-50), de Defesa (1950-51) e Vice-presidente do Conselho (1949-50). Em 1975 abandona o PS contrário às alianças com o PCF.

Felix Morrow / Felix Mayrowitz (Nova Iorque 1906 - 1988). Político e ativista comunista estado-unidense e editor de imprensa. Membro das juventudes do SPA, em 1931 adere-se ao CPUSA ficando a sua militância de forma secreta, sendo permanente colaborador da imprensa comunista. Em 1933 adere-se à Liga Comunista da América (CLA) e foi editor do vozeiro do SWP entre 1940-45, partido do que foi expulso em 1946. Foi um dos líderes do movimento trotskista americano que nom se aderiu a Shachtman.

Pierre Moscovici (Paris 1957). Político francês membro do PS, deputado desde 2007 e ministro de Economia, Fazenda e Comércio no governo de F. Hollande.

Enrique Múgica Herzog (Donostia 1932). Político e advogado basco e membro histórico do PSOE. No Estado espanhol foi ministro de Justiça (1988-91), deputado (1977-2000) e Defensor del Pueblo (2000-10). Militante do PCE entre 1956-66, aderiu ao PSOE tornando-se numha figura importante na ascensom de Felipe González na direçom do partido, sendo escolhido secretário de Coordenaçom.

Erich Mühsam (Berlim 1878 - campo de concentraçom de Oranienburg 1934). Escritor anarquista alemão. Membro do Grupo Açom da Liga socialista de G. Landauer, participa na revoluçom alemã de 1918-19, mormente na República dos Conselhos da Bavária. Contrário à extrema-direita, foi apresado polos nazis em 1933 depois do incêndio do Reichstag.
<<anterior

Sem comentários:

Enviar um comentário